Diretores baianos presenciam a exibição de seus filmes na Mostra Possíveis Sexualidades

Os diretores de Bombadeira e Sim, eu sou uma delas, produções baianas que integram a programação da Mostra Possíveis Sexualidades, estarão presentes na exibição dos filmes, que acontece nessa quinta-feira, 10 de abril, na Sala de Arte da UFBA (Canela), às 18h30.

No filme dirigido por Luis Carlos de Alencar, as travestis são representadas em busca do seu maior objeto de desejo: as formas femininas. Mas não há glamour. “A dor da beleza” é revelada através da figura da bombadeira, profissional conhecida no meio por modelar os corpos de suas “pacientes” através de implantes clandestinos de silicone industrial.

Já o curta-metragem Sim, eu sou uma delas, representa o esforço dos jornalistas Eduardo Scaldaferri e Carolina Mendonça em contestar o preconceito contra a homossexualidade. Na obra, sete mulheres lésbicas falam sobre suas experiências de vida. Além delas, jornalistas, professores e representantes de movimentos gays da Bahia opinam sobre preconceito, discriminação, união civil, adoção, militância e relações familiares.

A Mostra também exibe Ocaña, retrat intermitent hoje, às 16 horas, no Instituto Cervantes e o documentário Questão de gênero, às 20h30, na Sala de Arte do Museu Geológico.  

Anúncios

Um pensamento sobre “Diretores baianos presenciam a exibição de seus filmes na Mostra Possíveis Sexualidades

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s